O AGRONEGÓCIO DO CAFÉ NAS ÁREAS DE CERRADO: uma breve análise das empresas localizadas no município de Campo Alegre - GO

Autores

  • Vaneza Aparecida de Cubas Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v12i1.17661

Resumo

O trabalho a seguir constitui-se de uma breve análise do agronegócio do café no sudeste goiano, mais precisamente no Município de Campo Alegre, onde estão localizadas as Empresas Cocari e Agrofava. Ambas movimentam a economia do município e do estado por meio da produção do café, sendo que quase toda produção é destinada ao abastecimento, não do mercado local, mas do comércio internacional. Dessa forma, o que se pode constatar é que a produção goiana tem ultrapassado as expectativas das duas empresas, principalmente no que se refere à qualidade e à quantidade da produção que, atualmente, equiparam-se a Estados tradicionais na produção, como Minas Gerais e estados sulinos. Isso vem ocorrendo devido às condições físicas e naturais da região e, sobretudo, aos implementos e suplementos agrícolas aqui implantados.

Palavras-chave: Agronegócio. Cerrado. Produção de café. Sudeste goiano.

Biografia do Autor

Vaneza Aparecida de Cubas, Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão

Downloads

Publicado

23-03-2012

Como Citar

CUBAS, V. A. de. O AGRONEGÓCIO DO CAFÉ NAS ÁREAS DE CERRADO: uma breve análise das empresas localizadas no município de Campo Alegre - GO. Espaço em Revista, [S. l.], v. 12, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/er.v12i1.17661. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/17661. Acesso em: 16 out. 2021.