DAIA: mitos e discursos sobre emprego e empregabilidade

Autores

  • Rodrigo Mendes da Silva Instituto Federal de Brasília - Campus Brasília
  • Marcelo Rodrigues Mendonça Universidade Federal de Goiás - Campus Avançado de Catalão

DOI:

https://doi.org/10.5216/er.v12i2.16886

Resumo

O presente artigo tem como objetivo discutir como é formado, por parte das elites, um discurso pautado no DAIA como sendo um poderoso gerador de emprego e renda, fazendo parte de uma pesquisa maior, em nível de mestrado. Para tanto, faremos a análise de entrevistas com os atores envolvidos, assim como fontes documentais na busca da identificação de discursos hegemônicos e veremos como é possível identificar um discurso dominante em que o DAIA foi o principal responsável pelo desenvolvimento do município, assim como sendo um poderoso gerador de empregos. Também veremos como essas afirmações são frágeis e não vão além de discurso, que mostra sua maior eficácia na camuflagem dos jogos de poder, dos verdadeiros movimentos na produção e apropriação do território anapolino e seu Distrito, omitindo também e os reais beneficiários de todo esse processo de (re)ordenamento territorial

Biografia do Autor

Rodrigo Mendes da Silva, Instituto Federal de Brasília - Campus Brasília

Professor do Instituto Federal de Brasília - Campus Brasília. Mestre em Geografia pelo Instituto de Estudos Sócio-Ambientais da Universidade Federal de Goiás/UFG.

Marcelo Rodrigues Mendonça, Universidade Federal de Goiás - Campus Avançado de Catalão

Professor Doutor dos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Goiás/CAC. Coordenador do Núcleo de Pesquisa Geografia, Trabalho e Movimentos Sociais – GETeM/UFG/CNPq.

Downloads

Publicado

26-01-2012

Como Citar

DA SILVA, R. M.; MENDONÇA, M. R. DAIA: mitos e discursos sobre emprego e empregabilidade. Espaço em Revista, [S. l.], v. 12, n. 2, 2012. DOI: 10.5216/er.v12i2.16886. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/espaco/article/view/16886. Acesso em: 27 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS/ARTICLES

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>