Comunicação & Informação https://www.revistas.ufg.br/ci <div style="text-align: justify;">&nbsp;</div> <div style="text-align: justify;">Comunicação &amp; Informação é uma publicação, em fluxo contínuo, do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Faculdade de Informação e Comunicação, da Universidade Federal de Goiás.&nbsp;Criada em 1998, como um novo espaço de divulgação da produção científica nacional e internacional nas áreas de Comunicação e Ciência da Informação. A revista foi avaliada com Qualis B2 (avaliação de 2016).</div> <div style="text-align: justify;">&nbsp;</div> <div style="text-align: justify;">&nbsp;</div> pt-BR <p><span>Os autores dos trabalhos publicados na revista <strong><em><span>Comunicação e Informação</span></em></strong> retêm os direitos autorais sem restrições e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultâneo licenciado sob a </span><span style="text-decoration: underline;"><a href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/br/" target="_blank">Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial</a></span> <span>que permite o compartilhamento do trabalho </span>para fins não comerciai<span>s com reconhecimento da autoria e o </span><span>privilégio de publicação primeiramente por esta </span><span>revista</span><span>. </span><span>Caso o texto venha a ser publicado posteriormente em outro veículo, solicita-se aos autores informar que o mesmo foi originalmente publicado como artigo na revista Perspectiva, bem como citar as referências bibliográficas completas dessa publicação.</span></p><p><span>Os direitos autorais dos artigos pertencem aos autores e o conteúdo dos artigos assinados é de responsabilidade exclusiva dos autores.</span></p><p><span>A revista se reserva o direito de efetuar, nos originais, alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com o intuito de manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores.</span></p><p><span>A revista também se reserva o direito de traduzir o artigo, no todo ou em parte, para o inglês ou para o português, dependendo do idioma em que o artigo tenha sido escrito originalmente.</span></p><div class="yj6qo ajU"><div id=":1io" class="ajR" data-tooltip="Mostrar conteúdo cortado"><img class="ajT" src="https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif" alt="" /></div></div> revistacomunicainforma@gmail.com (Lara Satler) keyla_faria@ufg.br (Keyla de Faria) qui, 25 jul 2019 14:45:36 +0000 OJS 3.1.1.4 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Dialogismo, personagem e ressignificações: https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/52984 <p><span style="font-size: medium;">O presente artigo visa realizar uma análise fílmica de <em>Tudo sobre minha mãe</em> (1999), de Pedro Almodóvar, estando atento principalmente à representação e à construção das personagens no longa. À luz dos conceitos de dialogismo e polifonia (BAKHTIN, 2006; 2010; 2011; STAM, 1992), percebemos como o filme constrói pontes dialógicas com outros sujeitos discursivos, como o gênero melodramático, e de que forma a recepção crítica jornalística percebe e trabalha essa relação. Compreender as trocas tensionais de sentidos que daí se desprendem resulta em uma leitura mais democrática e enriquecedora da obra, das personagens de Almodóvar e do cinema, que se configura como um meio relevante de produção de significados – que são constantemente repensados, revalorizados e ressignificados neste jogo entre vozes distintas.</span></p> Marcelo de Lima, Luiz Antonio Mousinho ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org.br/licenses/by/4.0 https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/52984 qua, 19 jun 2019 00:00:00 +0000 A Rede Epistêmica Virtual da Amazônia: https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/43462 <p>Esta pesquisa procura refletir e entender como os atores epistêmicos dos Programas de Pós-Graduação na Amazônia estão incorporando a cibercultura e apropriando-se da ciberrealidade para se relacionar virtualmente e produzir conhecimento explícito de forma mutuamente compartilhada. A metodologia constitui um processo que permite a apropriação do objeto, da problemática e da proposição em um conjunto de ações que tem no elemento hiperlink sua manifestação central para constituição da esfera empírica de investigação, e na Teoria das Redes seu instrumental de reflexão. As conclusões iniciais induzem um processo em que se destacam dois pontos: a falta de comunicação e a inexistência de uma articulação da produção epistêmica em rede.</p> Tarcízio Macedo, Luiz Roberto Vieira Jesus ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org.br/licenses/by/4.0 https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/43462 qui, 25 jul 2019 00:00:00 +0000 O fascínio pelos mistérios da ciência: https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/52863 <p class="western" align="justify"><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: small;">Este estudo se insere nas investigações que se preocuparam em compreender as relações entre o jornalismo e a produção científica e tecnológica mundial. Tanto a ciência quanto o jornalismo se caracterizam por um suposto foco na objetividade, ou seja, na tentativa de eliminar o sujeito enquanto agente criador das produções nessas esferas. Entretanto, ao imaginarem a ciência sendo veiculada para um público amplo, os jornalistas se valem do fascínio pelos mistérios da ciência para chamar a atenção do público. Assim, tivemos por objetivo investigar como textos publicados no portal </span></span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: small;"><em>G1</em></span></span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: small;"> intencionaram provocar fascínio na audiência. Analisamos todos os textos da editoria</span></span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: small;"><em> Ciência e Saúde</em></span></span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: small;"> do portal </span></span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: small;"><em>G1</em></span></span><span style="font-family: 'Times New Roman', serif;"><span style="font-size: small;"> publicados entre 23 de junho e 25 de julho de 2016 e selecionamos os textos que continham aspectos curiosos que podem despertar fascínio pela audiência, que vão além de simplesmente noticiar um acontecimento. Encontramos 35 textos que versavam sobre astronomia, saúde e história natural. Concluímos que eles são caracterizados pelos aspectos fascinantes da ciência, sendo que muitos dos textos têm a capacidade de trazer reflexões profundas sobre o Universo, a consciência, a vida e a morte. </span></span></p> Ricardo Henrique Almeida Dias ##submission.copyrightStatement## https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/52863 sex, 11 out 2019 14:51:19 +0000 Transparência pública e acesso à informação: https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/53137 <p>A Constituição Federal estabeleceu o princípio da publicidade que traz em si a característica da transparência pública e a garantia de acesso à informação a todo cidadão. A Lei de Acesso à Informação - LAI, criada em 2011, e regulamentada, no Estado da Paraíba, através do Decreto Estadual nº 33.050/2012, é uma ferramenta importante para a sociedade cobrar a transparência pública e o acesso às informações públicas. Este estudo tem como objetivo analisar a transparência pública na Universidade Estadual da Paraíba - UEPB. Esta pesquisa caracteriza-se como estudo de caso, de natureza qualitativa, exploratória e descritiva, pesquisa bibliográfica e documental. Após as análises dos resultados, encontrou-se na UEPB uma ampla adequação ao Decreto Estadual nº 33.050/2012, fato este que não induz a assertiva de que toda instituição pública segue os mesmos padrões.</p> Maria das Graças Gonçalves Vieira Guerra, Kliandra de Almeida Galdino Carvalho ##submission.copyrightStatement## https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/53137 sex, 11 out 2019 15:03:13 +0000 Articulação internacional das atingidas e dos atingidos pela Vale S.A.: https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/48711 <p>Parte-se da hipótese de que a Articulação Internacional das Atingidas e Atingidos pela Vale, criada em 2009 por intelectuais de movimentos sociais, sindicais e outras organizações, constrói uma rede em escala planetária para promover estratégias de enfrentamento aos impactos socioambientais causados pela mineradora Vale S.A. As ações ocorrem por meio de redes sociais, como blog e facebook, e nas ruas, com protestos, manifestações e seminários. Com base na matriz gramsciana, observamos que a Articulação Internacional das Atingidas e Atingidos pela Vale faz um trabalho de desvelamento dos consensos construídos pela hegemonia da empresa a respeito da sua ação no campo da sustentabilidade. Assim, ao dar visibilidade aos impactos socioambientais provocados pela mineradora, contribui para forçar mudanças sociais.</p> Célia Regina Trindade Chagas Amorim, Larissa Pereira Santos ##submission.copyrightStatement## https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/48711 sex, 11 out 2019 15:25:33 +0000 Diversidade Cultural no Contexto Organizacional https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/55133 <p>O presente estudo tem como objetivo fazer um levantamento bibliométrico acerca das publicações sobre a diversidade cultural nas organizações na área de Administração nos últimos dez anos utilizando-se da base de dados da <em>Scopus</em>. A metodologia utilizada foi a pesquisa exploratória, com abordagem quantitativa, adotando-se a bibliometria como instrumento de coleta para fazer o levantamento das publicações na área da Administração. Como resultados, a pesquisa alcançou um número de cento e setenta e seis artigos publicados no período de 2008 a 2017, constatou que os Estados Unidos foi o país que mais investiu em trabalhos científicos sobre diversidade cultural, e apurou que, as universidades europeias, com destaque para as austríacas e holandesas, se destacaram em número de pesquisas nos anos explorados. </p> Pablo Marlon Medeiros da Silva, César Ricardo Maia de Vasconcelos ##submission.copyrightStatement## https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/55133 sex, 11 out 2019 15:29:34 +0000 Gestor, o novo perfil do jornalista nas assessorias de comunicação no Ceará: https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/47785 <p>Esta pesquisa trata das novas tendências de mercado relacionadas aos profissionais da área de jornalismo, como o empreendedorismo. Objetiva compreender como a tecnologia e o empreendedorismo têm transformado o mercado jornalístico e exigido novas competências desse profissional. Embasa-se em uma revisão literária focada em analisar a influência de diversos fatores, como a internet e a globalização, na formação e nas habilidades exigidas aos jornalistas na era digital e também em um estudo de caso sobre a Caramelo Comunicação e <em>Coworking.&nbsp;</em>A empresa em questão se encaixa na temática da pesquisa por ser uma agência de comunicação integrada, idealizada e administrada por profissionais de comunicação, entre eles um jornalista.</p> Lia Moreira Farias, Vânia Maria Magalhães Tajra ##submission.copyrightStatement## https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/47785 sex, 11 out 2019 15:31:32 +0000