[1]
C. Álvares, I. Martins, e D. Cardoso, “Argumentação numa esfera pública reticular: as vozes femininas online”, C&I, vol. 14, nº 2, p. 47-65, fev. 2013.