Dicionários brasileiros de comunicação:

uma contribuição para o ensino e a popularização da ciência

  • Patricia Milano Persigo Universidade Federal de Santa Maria
  • Daiane Scheid Universidade Federal de Santa Maria
  • Jones Machado Universidade Federal de Santa Maria
  • Mariana Juliani Portal
Palavras-chave: Vulgarização da ciência, Alfabetização científica, Popularização da ciência, Divulgação científica

Resumo

Este artigo aborda o tema da popularização da ciência, propondo-se a discuti-la na área da comunicação. Para tanto, mapeia a produção de dicionários brasileiros na área, visando conhecer a elaboração e formas de acesso a essas obras. Apresentamos uma revisão conceitual, distinguindo as expressões vulgarização científica, divulgação da ciência, alfabetização científica e, finalmente, popularização da ciência. Reflete também a respeito dos locais institucionalizados de discussão e compartilhamento do conhecimento científico em Comunicação, como as associações de pesquisadores. Neste sentido, promove um debate desses entendimentos à luz do mapeamento dos dicionários brasileiros em comunicação, indagando que tipo de contribuição promovem para a popularização da ciência. Verificamos que as obras mapeadas, instrumentos relevantes para o ensino acadêmico e a formação profissional, mostram-se pouco acessíveis, na maioria das vezes somente à venda. Esse cenário caracteriza-se muito mais pela divulgação desse conhecimento em detrimento da popularização da ciência, conforme explicam os autores consultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Milano Persigo, Universidade Federal de Santa Maria

Doutora e Mestre em Comunicação Midiática pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especialista em Recursos Humanos e Marketing pela FAMES e Graduada em Comunicação Social hab. Relações Públicas pela UFSM. Professora Adjunta da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Campus Frederico Westphalen. Como pesquisadora atua na área de comunicação organizacional, estratégias midiáticas, gestão de crises e jornalismo público.

Daiane Scheid, Universidade Federal de Santa Maria

Professora Adjunta do Departamento de Ciências da Comunicação, no Curso de Relações Públicas da Universidade Federal de Santa Maria, Campus Frederico Westphalen. Líder do Grupo de Pesquisa EstratO. Doutora e Mestre em Comunicação Midiática pela mesma universidade.

Jones Machado, Universidade Federal de Santa Maria

Professor Adjunto do Departamento de Ciências da Comunicação, no Curso de Relações Públicas da Universidade Federal de Santa Maria, Campus Frederico Westphalen. Líder do Grupo de Pesquisa EstratO. Doutor e Mestre em Comunicação Midiática pela mesma universidade.

Mariana Juliani Portal

Acadêmica do 5° semestre do curso de Relações Públicas da Universidade Federal de Santa Maria, Campus Frederico Westphalen e integrante do Grupo de Pesquisa EstratO. Bolsista Fipe Jr. de Iniciação Científica no Projeto: Dicionários brasileiros em comunicação: origens, usos e estado da arte.

Publicado
01-04-2020
Como Citar
Persigo, P. M., Scheid, D., Machado, J., & Portal, M. J. (2020). Dicionários brasileiros de comunicação:: uma contribuição para o ensino e a popularização da ciência. Comunicação & Informação, 23. https://doi.org/10.5216/ci.v23i.57218
Seção
Artigos