As competências comunicacionais e os profissionais da comunicação

um estudo exploratório

  • Mariany Schievano Granato Unesp - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Roseane Andrelo Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e da graduação em Relações Públicas da Universidade Estadual Paulista, Unesp.
  • Vitor Brumatti Unesp - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Fernanda Almeida Unesp - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Resumo

A vivência em uma sociedade informatizada com relações interpessoais desenvolvidas, cada vez mais, por meio das tecnologias de comunicação e informação são o cenário para o desenvolvimento deste artigo, cujo objetivo é compreender como profissionais e estudantes de comunicação lidam com questões contemporâneas relacionadas diretamente a competências comunicacionais. Para tanto, utilizou-se de dois caminhos metodológicos: pesquisa bibliográfica sobre tecnologias digitais de comunicação, nova ecologia dos meios e competências em comunicação, e aplicação de questionário com profissionais e estudantes de comunicação. Como resultado, verificou-se a presença de competências que envolvem o diálogo e o relacionamento interpessoal, que não necessariamente serão praticadas por meio das tecnologias digitais de comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariany Schievano Granato, Unesp - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutorado em andamento em Mídia e Tecnologia; Mestre em Comunicação; Bacharel em Comunicação Social: Relações Públicas pela Universidade Estadual Paulista Unesp. Brasil, São Paulo, Bauru. E-mail: marianygranato@gmail.com

Roseane Andrelo, Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e da graduação em Relações Públicas da Universidade Estadual Paulista, Unesp.
Doutora em Educação Escolar, mestre em Comunicação e graduada em Comunicação Social: Jornalismo. Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e da graduação em Relações Públicas da Universidade Estadual Paulista, Unesp. Brasil, São Paulo, Bauru. E-mail: roseane.andrelo@faac.unesp.br
Vitor Brumatti, Unesp - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Doutorado em andamento em Comunicação e mestre em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista, Unesp. Graduado em Comunicação Social: Publicidade e Propaganda pela Universidade do Sagrado Coração, USC. Professor dos cursos de Comunicação da Universidade do Sagrado Coração, USC. Brasil, São Paulo, Bauru. E-mail: vitorbrumatti@gmail.com.
Fernanda Almeida, Unesp - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Doutorado em andamento em Comunicação e Mestre em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista- Unesp/Bauru. Relações Públicas, Especialista em Administração de Empresas com Ênfase em Marketing e Especialista em Planejamento Estratégico da Comunicação. Brasil, São Paulo, Bauru. E-mail: fernanda.almeida@adenda.com.br

Referências

ANDRELO, Roseane. Mídia-Educação nas Organizações: proposta de formação do público interno para habilidades comunicacionais. In: SANTOS, C.M.R.S. (org.). Opinião Pública: empowerment e interfaces. Bauru: FAAC, 2012. p. 99-111

BELLUZZO, Regina. C. B. Construção de Mapas: desenvolvendo competências em informação e comunicação. Bauru: Cá Entre Nós, 2007.

CASTELLS, Manuel. A era da informação: economia, sociedade e cultura. V.1 A sociedade em rede. São Paulo: Ed. Paz e Terra, 1999.

DUARTE, Jorge e MONTEIRO, Graça. Potencializando a Comunicação nas Organizações. In: KUNSCH, Margarida Maria Krohling (org.). Comunicação Organizacional: linguagem, gestão e perspectivas. V.2. São Paulo: Saraiva, 2009. p.333-359

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Brasileira de Mídia 2016. Disponível em <http://www.secom.gov.br/atuacao/pesquisa/lista-de-pesquisas-quantitativas-e-qualitativas-de-contratos-atuais/pesquisa-brasileira-de-midia-pbm-2016.pdf/view> Acesso em 30 maio 2017.

LEVINSON, Paul. New new media. Nova York: Penguin, 2013.

MATTELART, Armand. Historia de la sociedad de la información. Barcelona: Paidós, 2002.

MIRANDA, Silvânia Vieira. Identificando Competências Informacionais. Ciência da Informação. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT. Brasília. v.33, n.2, (mai/ago 2004). p.112-122. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/ci/v33n2/a12v33n2.pdf.> Acesso em 06 out 2015.

ROMANO, Vicente. Ecología de la comunicación. Hiru: Hondarribia, 2004.

SCOLARI,Carlos. Ecología de los médios: de la metáfora a la teoria (y más allá). In: SCOLARI, Carlos (org.). Ecología de los médios. Gedisa: Barcelona, 2015.

TAKEUCHI, Hirotaka e NONAKA, Ikujiro. Gestão do Conhecimento. Tradução Ana Thorell. Porto Alegre: Bookman, 2008.

PERRENOUD, Philippe. Construir as Competências desde a Escola. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.

POSTMAN, Neil. El humanisno de la ecologia de los medios. In: SCOLARI, Carlos (org.). Ecología de los medios: entornos, evoluciones e interpretaciones. Barcelona: Gedisa S.A., 2015.

Publicado
30-11-2019
Como Citar
Granato, M. S., Andrelo, R., Brumatti, V., & Almeida, F. (2019). As competências comunicacionais e os profissionais da comunicação: um estudo exploratório. Comunicação & Informação, 22. https://doi.org/10.5216/ci.v22i0.52935