Produções cinematográficas e o adventismo: uma análise dos conflitos e aproximações a partir da Revista Adventista

Palavras-chave: Adventistas, Revista Adventista, Filmes, Comunicação

Resumo

O presente artigo analisa a abordagem da Revista Adventista quanto ao consumo e produção de filmes. Foram verificadas as termologias filmografia, cinematografia, documentário, curta-metragem, longa metragem e filme dentro do periódico. As mais de 1.000 menções catalogadas foram distribuídas em duas tabelas, a primeira (quantitativa) dividiu as citações encontradas por década e a segunda (qualitativa) abordou como as diferentes passagens se encaixaram em grupos de inferência. Os dois esquemas passaram por observação, exame e estudo analítico. O objetivo foi explorar o desenvolvimento do pensamento quanto a produções cinematográficas dentro da principal revista dessa denominação religiosa. Essa apuração pretende construir a relação do adventismo com os filmes dentro do histórico de publicações do periódico, ao acentuar os processos de construção do pensamento frente ao tema ao longo dos anos. A investigação se deu a partir de um estudo documental baseado na pesquisa metodológica de Appolinário (2009), Bardin (2011), Follis (2017) e Jorge; Barros (2009).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Follis, Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp)
Doutor em Ciências da Religião e Mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo. Professor nos cursos de Comunicação Social e Teologia do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp).
Victor Sotero, Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp)
Bacharelando em Jornalismo e em Teologia pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp).

Referências

APPOLINÁRIO, F. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. São Paulo, Atlas, 2009.

ARISTÓTELES. Poética. São Paulo: Nova Cultural, 2000. (Coleção Os Pensadores).

BAUER, M. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. São Paulo: Vozes, 2015.

CGODAWA, B. Cinema e fé cristã. Ultimato: São Paulo, 2004.

CORRÊA, W. Análise do conteúdo. In: DUARTE, J.; BARROS, A. (Orgs). Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. São Paulo: Editora Atlas, 2009

CRUZ, B; RIBEIRO, B. O adventismo e os filmes. In: CARMO, F; NOVAES, A. (Orgs). O adventismo e a cultura pop. São Paulo: Editora Unaspress, 2017.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo: Penso, 2008.

FOLLIS, R. Memória, mídia e transmissão religiosa: estudo de caso da Revista Adventista (1906-2010). Tese (Doutorado em Ciências da Religião). Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2017.

HAGEMEYER, R. História e audiovisual. São Paulo: Autêntica, 2012.

NOVAES, A. O problema adventismo-televisão: uma análise do pensamento adventista sobre a TV a partir da tipologia de H. Richard Nierbuhr em Cristo e cultura. Tese (Doutorado em Ciências da Religião). Pontifício Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.

PLATÃO. A República. São Paulo: Martin Claret, 2006.

Publicado
06-12-2018
Como Citar
Follis, R., & Sotero, V. (2018). Produções cinematográficas e o adventismo: uma análise dos conflitos e aproximações a partir da Revista Adventista. Comunicação & Informação, 21(3), 3-17. https://doi.org/10.5216/ci.v21i3.50371
Seção
Artigos