Saindo do armário? Uma análise da produção discursiva sobre o grupo LGBT na mídia impressa em Goiás

Autores

  • Lenise Santana Borges Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC - Goiás)
  • Alice de Alencar Arraes Canuto Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v16i2.27588

Palavras-chave:

LGBT. Construcionismo social. Práticas discursivas. Midia impressa.

Resumo

Esse artigo tem por objetivo apresentar uma análise da produção discursiva sobre o grupo LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis e transgêneros) na mídia impressa local, tomando para análise matérias publicadas no jornal O Popular, no período de 1993 a 2001. Essa pesquisa teve como base teórico-metodológica Construcionismo Social, as teorias feministas e de gênero, e os estudos gay-lésbicos e quer. Nesse período, foram identificadas 250 matérias indicando que, se por um lado a temática LGBT tem ganhado espaço, por outro, a produção discursiva sobre os LGBT mostra-se bastante discrepante. Há uma predominância de matérias sobre a população “gay” e um silenciamento sobre outras “identidades” como o caso das lésbicas, travestis, transexuais transgêneros, denotando que algumas identidades permanecem mais “abjetas” que outras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lenise Santana Borges, Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC - Goiás)

Professora dos programas de Graduação e Pós-graduação do curso de Psicologia da PUC-GO, e integrante do PIMEP (Programa Interdisciplinar da Mulher) da PUC-GO. Graduada em Psicologia pela PUC-SP (1982), Mestra em Women and Development no Institute of Social Studies (1995), Doutora em Psicologia Social pela PUC-SP (2008), co-fundadora do Grupo Transas do Corpo (1987)

Alice de Alencar Arraes Canuto, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduada em Psicologia pela PUC-GO, mestranda no Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFMG.

Downloads

Publicado

05-12-2013

Como Citar

BORGES, L. S.; CANUTO, A. de A. A. Saindo do armário? Uma análise da produção discursiva sobre o grupo LGBT na mídia impressa em Goiás. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 16, n. 2, p. 123–135, 2013. DOI: 10.5216/c&i.v16i2.27588. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/27588. Acesso em: 31 jul. 2021.

Edição

Seção

Artigos