INDICAÇÃO DE UMA ÁREA A SER PROTEGIDA DE ACORDO COM O COMPONENTE HÍDRICO DA PAISAGEM

THE DESIGNATION OF AN AREA TO BE PROTECTED ACCORDING TO THE LANDSCAPE'S WATER COMPONENT

Autores

  • Fernanda Maria Follmann Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v41.61297

Resumo

Na conformação das paisagens, os componentes abióticos, bióticos e antrópicos devem estar conexos, interatuando entre si e proporcionando serviços ambientais que são amplamente utilizados pelas populações. As intensas degradações dos sistemas ambientais ocasionados pelos seres humanos geram a necessidade de identificar áreas de proteção ambiental, tendo por base a escolha dos componentes da paisagem e de um conjunto teórico-metodológico adequado e coerente com o local analisado. Neste artigo, o objetivo é discutir a identificação de uma área a ser protegida no recorte territorial do anexo 12 da Lei de Uso e Ocupação do Solo de Santa Maria, Rio Grande do Sul, considerando o componente hídrico da paisagem. Tal componente é fundamental para a provisão de serviços ambientais à população. Para desenvolvimento da pesquisa, utilizou-se a estratégia metodológica de análise multicritério, estabelecendo para fins de mapeamentos os critérios: áreas com relevância no abastecimento de água e distância dos recursos hídricos. Os resultados apresentaram áreas de impacto significativo no quadrante do anexo 12, as quais devem ser consideradas nas estratégias de gestão para restrições de uso e ocupação do solo. Assim, a base conceitual, a técnica metodológica e os resultados obtidos são aplicáveis à uma proposta para criação de área protegida local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-11-17 — Atualizado em 2021-11-18

Versões

Como Citar

FOLLMANN, F. M. INDICAÇÃO DE UMA ÁREA A SER PROTEGIDA DE ACORDO COM O COMPONENTE HÍDRICO DA PAISAGEM: THE DESIGNATION OF AN AREA TO BE PROTECTED ACCORDING TO THE LANDSCAPE’S WATER COMPONENT. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 41, n. 1, 2021. DOI: 10.5216/bgg.v41.61297. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/bgg/article/view/61297. Acesso em: 28 maio. 2022.