DIVERSIDADE TERRITORIAL E TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS PARA OS MUNICÍPIOS: CONSIDERAÇÕES SOBRE A ECONOMIA REGIONAL GOIANA - DOI 10.5216/bgg.v28i2.5744

Tadeu Alencar Arrais

Resumo


O objetivo central desse artigo é discutir a diversidade territorial goiana a partir das transferências constitucionais para os municípios. As transferências constitucionais, dentre as quais o FPM, o FUNDEB e o ICMS, constituem a maior parcela de recursos destinados aos governos municipais. Cada um desses repasses tem relação direta com a dinâmica demográfica e econômica dos municípios. Para discutir as relações entre os repasses federais e estaduais para os municípios goianos, optamos por trabalhar na escala microrregional. Com esse artigo pretendemos contribuir com a discussão de um tema pouco abordado pela geografia, mas que tem importância impar na construção de políticas governamentais na escala municipal e regional


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5216/bgg.v28i2.5744

 

Endereço:

UFG – Universidade Federal de Goiás - Instituto de Estudos Sócio-Ambientais – IESA Campus II, Conjunto Itatiaia, Caixa Postal 131, Goiânia- Goiás- Brasil.

  Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Permissions beyond the scope of this license may be available at: http://www.revistas.ufg.br    

 

 

Indexações e Bases Bibliográficas

 

 

PROGRAMA DE PLÁGIO UTILIZADO:

 

FINANCIAMENTO:




APOIO:

Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás

Portal de Periódicos Eletrônicos da Universidade Federal de Goiás

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Goiás