CARACTERIZAÇÃO DO AMBIENTE NO MUNICÍPIO DE ILHÉUS (BA): O CASO DA BAÍA DO PONTAL - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35490

  • Emilson Batista da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano

Resumo

Este artigo tem como objetivo caracterizar o estado ambiental da Baía do Pontal em Ilhéus (BA), a partir das intervenções socioespaciais. Este espaço ganha importância por ser a principal feição geomorfológica de Ilhéus, além de apresentar um potencial de exploração turística para o município. Utilizaram-se revisão de literatura,
pesquisa de campo, imagens de satélites e entrevistas a 35 pessoas, centradas em indicadores ambientais sobre o estado atual da baía. Os mapas foram construídos a partir do programa Spring 5.1.6, fornecido pelo INPE, mediante a utilização de imagens de satélite do Sensor TM do LANDASAT 5. Verificou-se que as intervenções
são oriundas da degradação nas bacias dos rios tributários, da construção do porto de Ilhéus e do processo de ocupação do entorno da baía. Consequentemente o ambiente apresenta transformações na morfogênese, pedogênese, vegetação e qualidade da água, que repercutem no cenário socioeconômico local por limitar sua
utilização para o lazer e a fonte de renda, tanto para a subsistência da população quanto para a atividade turística.
Palavras-chave: relação sociedade-natureza, Baía do Pontal, intervenções socioespaciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
19-03-2015
Como Citar
Batista da Silva, E. (2015). CARACTERIZAÇÃO DO AMBIENTE NO MUNICÍPIO DE ILHÉUS (BA): O CASO DA BAÍA DO PONTAL - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35490. Boletim Goiano De Geografia, 35(1), 157-175. https://doi.org/10.5216/bgg.v35i1.35490
Seção
Artigos