A Paisagem Cultural: multiplicidade interpretativa e políticas de preservação

Autores

  • Margareth Afeche Pimenta Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v10i2.38054

Resumo

Resumo

Enquanto privilegiam ambientes tradicionais em nível mundial, no Brasil as interpretações acerca das paisagens culturais são variadas e, se por um lado, enriquecem o debate sobre os bens a serem valorizados, deixam escapar sem proteção setores socialmente fragilizados, mas ricos culturalmente, que deveriam ser foco de políticas de preservação específicas.  Para além dos bens materiais, a paisagem cultural coloca novas questões que talvez possam ser precisadas a partir das diversas significações que o termo cultura foi adquirindo ao longo de sua história, não somente para direcionar as práticas de preservação, mas também para inseri-las numa visão maior de projeto societário.

Palavras-chave: paisagem cultural; cultura; patrimônio

 

Abstract

While favoring traditional environments in the world, in Brazil the interpretations about the cultural landscapes are varied and If on the one hand enrich the debate on the goods to be valued, they let it slip away without protection sectors socially weakened, but culturally rich, that should be the focus of specific preservation policies. Apart from material goods, the cultural landscape puts new issues that maybe can be specified from the various meanings to the term culture was acquired throughout its history, not only to direct preservation practices, but also to insert them into a larger vision of society project.

Keywords: cultural landscape; culture; heritage

 

Resumen

Al mismo tiempo que favorecen ambientes tradicionales en todo el mundo, en Brasil son muy variadas las interpretaciones sobre los paisajes culturales y, si por un lado, enriquecen el debate sobre los bienes a ser valorados, dejan escapar sin protección sectores socialmente debilitados, pero culturalmente ricos, que deberían ser el foco de políticas específicas de conservación. Además de los bienes materiales, el paisaje cultural pone nuevos temas que tal vez pueden ser especificados por los diversos significados que el término cultura fue adquiriendo a lo largo de su historia, no sólo para dirigir las prácticas de conservación, pero también para insertarlas en una visión más amplia de uno proyecto de sociedad.

Palabras-clave: paisaje cultural; cultura; patrimonio

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margareth Afeche Pimenta, Universidade Federal de Santa Catarina

Arquiteta e Urbanista formada pela FAU-USP. Mestre em Planejamento Urbano e Regional COPPE-UFRJ. Doutora em Geografia Universidade Paris IV-Sorbonne. Professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo e da Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenadora do Núcleo Cidadhis_Ufsc_CNPq, desde 1994.

Downloads

Publicado

2016-09-13

Como Citar

AFECHE PIMENTA, M. A Paisagem Cultural: multiplicidade interpretativa e políticas de preservação. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 10, n. 2, p. 97–114, 2016. DOI: 10.5216/ag.v10i2.38054. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/atelie/article/view/38054. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos