Geografia em jogo: algumas possibilidades de abordagem dos videogames na Geografia

  • Washington Drummond da Silva Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

Resumo

O presente artigo está inserido no campo de estudos da nova geografia cultural e enseja explorar algumas possibilidades de interpretações das representações espaciais elaboradas pelos videogames, a partir da ótica geográfica. Como questão central indaga-se que abordagens esse veículo dispõe em sua récita. Buscando responde-la, foi realizada uma revisão bibliográfica referente à estrutura e funcionamento dos jogos eletrônicos (gamestudies) e a respeito das recentes investigações dos videogames desenvolvidos nas ciências humanas, com destaque à Geografia. O estudo também contemplou a interação direta com o objeto de estudo (jogando os jogos), bem como o contato com comunidades virtuais de jogadores. Foi possível encontrar alguns caminhos para o tratamento desses jogos os quais foram submetidos a um esforço de sistematização. Produziu-se, com isso, sete vertentes: a importância da espacialidade e dinâmica espacial; a forma como os lugares reais são representados; a vivência dos lugares; produção e consumo de um imaginário geográfico; representações sociais; conceitos e fenômenos representados e por fim; os papeis desempenhados pela paisagem nos jogos.

Palavras-chave: Videogames, Representação Espacial, Abordagens.

 

Abstract

This article is in the field of studies of the new cultural Geography, and aims to explore a few possibilities of interpretations of space opened by videogames, from the geographical perspective. As a central point, we raise the question: which approaches this venue can dispose of, for use? In the pursuit of an answer, I went through the literature related to the structure and functioning of electronic games (game studies) and about recent investigations regarding videogames developed in the field of human sciences, with an emphasis in Geography. This study also covered the direct interaction with the object of study (game play), as well as the contact with virtual gamer communities. It was possible to find a few paths to approach these games, which had undergone a sistematization effort. As a consequence, we divided it into seven categories: the importance of spatiality and spatial dynamics; the way real locations are represented; location experience; production and consumption of an imaginary geography; social representations; concepts and phenomena represented, and last, but not least; the roles played by the landscapes in videogames. 

Keywords: Videogames, Spatial Representation, Approaches.

 

Resumen

El presente artículo hace parte de los estudios de la Nueva Geografía Cultural y busca explorar algunas posibilidades de interpretaciones de representaciones espaciales elaboradas por los videojuegos a partir de la óptica geográfica. Como asunto central se indaga que abordajes ofrece ese instrumento. Para responder esa pregunta fue realizada una revisión bibliográfica referente a la estructura y funcionamiento de los juegos electrónicos (gamestudies) y las recientes investigaciones de los videojuegos desarrollados en las ciencias humanas, principalmente la geografía. El estudio también contempló la interacción directa con el objeto de estudio (jugando los juegos) y el contacto con las comunidades virtuales de jugadores. Fue posible hallar algunos caminos para el tratamiento de esos juegos, los cuales fueron sometidos a un esfuerzo de sistematización. Como resultado se produjeron siete vertientes: la importancia de la espacialidad y dinámica espacial; la forma como los lugares reales son representados; la vivencia de los lugares; producción y consumo de un imaginario geográfico; representaciones sociales; conceptos y fenómenos representados, y finalmente, los papeles desempeñados por el paisaje en los juegos.

Palabras clave: Vídejuegos, Representación Espacial, Abordajes.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Washington Drummond da Silva, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Departamento de Geografia Geografia cultural
Publicado
22-05-2016
Como Citar
Silva, W. (2016). Geografia em jogo: algumas possibilidades de abordagem dos videogames na Geografia. Ateliê Geográfico, 10(1), 140-159. https://doi.org/10.5216/ag.v10i1.35202
Seção
Artigos