Estudo do lugar e Escolas Famílias Agrícolas: valorização do campo como conteúdo educativo e espaço de vivência cotidiana - DOI 10.5216/ag.v9i1.24249

Autores

  • Celia Regina Batista Santos Universidade Estadual de Feira de Santana

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v9i1.24249

Resumo

Resumo

Esse estudo objetiva refletir sobre o lugar como espaço de vivência e conteúdo educativo; situar o campo como um lugar de singularidades culturais e conteúdo educativo e o papel da escola como espaço de ensino e de aprendizagem da vida. Entende-se que ao proporcionar aos jovens do campo um conhecimento mais crítico e reflexivo sobre o campo, a escola pode contribuir para uma mudança na relação entre esses jovens, no sentido de estabelecerem / fortalecerem laços afetivos, identidades, valores e passem a considerar e defender o campo como seu lugar. Nesse contexto, situa o caso das Escolas Famílias Agrícolas do Semiárido Baiano que, através de seu princípio metodológico, a Pedagogia da Alternância, se aproxima da ideia de estudo, valorização do lugar e reafirmação de identidades dos jovens do campo, na perspectiva de seu auto-entendimento como sujeito de sua história e agente de valorização e mudanças no seu lugar.

Palavras-chave: Estudo do Lugar; Educação do/no campo; Pedagogia da Alternância.

 

Abstract

This study aims to analyze about the place as a living space and educational content; situating the countryside as a place of cultural singularities and educational content and the role of school as a life teaching and learning space. It is understood that by providing to the youth of the countryside a more critical and reflective knowledge about their place, the school can contribute to a change in the relationship between these young people, in order to establish/fortify emotional ties, identities, values, and start to consider and defend the countryside as their place. In this context, it is situated the case of Agricultural Family Schools of the Semiarid of the state of Bahia which through its methodological principle, the Pedagogy of Alternation, approximates of the idea of? study, appreciation of the place and reaffirmation of identities of the youth of the countryside, in view of their self-understanding as a subject of their history and agent of recovery and changing in their place.

Keywords: Study of Place; Education of/in the countryside; Pedagogy of Alternation.

 

Resumen

Ese estudio tiene como objetivo reflexionar sobre el lugar como espacio de vivencia y contenido educativo; situar el campo como un lugar de singularidades culturales y contenido educativo y el papel de la escuela como espacio de enseñanza aprendizaje de la vida. Se entiende que al proporcionar a los jóvenes del campo el conocimiento más crítico y reflexivo sobre el campo, la escuela puede contribuir para un cambio en la relación entre esos jóvenes, en el sentido de establecieren/fortalecieren lazos afectivos, identidades, valores y pasen a considerar  y defender el campo como su lugar. En ese contexto, sitúa el caso de las Escuelas Famílias Agrícolas del Semiarido Bahiano que, a través de su principio metodológico, la Pedagogía de la Alternancia, se acerca de la idea de estudio, valorización del lugar y reafirmación de identidades de los jóvenes del campo, en la perspectiva de su auto entendimiento como sujeto de la historia y agente de valorización y cambios en el su lugar.

Palabras clave: Estudio del lugar; Educación del/en el campo; Pedagogía de la Alternancia.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celia Regina Batista Santos, Universidade Estadual de Feira de Santana

Professora Adjunta do Departamento de Educação da Univeridade Estadual de Feira de Santana/Bahia

Downloads

Publicado

09-06-2014

Como Citar

Santos, C. R. B. (2014). Estudo do lugar e Escolas Famílias Agrícolas: valorização do campo como conteúdo educativo e espaço de vivência cotidiana - DOI 10.5216/ag.v9i1.24249. Ateliê Geográfico, 9(1), 104–118. https://doi.org/10.5216/ag.v9i1.24249

Edição

Seção

Artigos