O abismo através do espelho

a atualidade de Vampyroteuthis Infernalis de Vilém Flusser

Palavras-chave: Vampyroteuthis Infernalis, Vilém Flusser, Espelho deformante

Resumo

Com base no livro Vampyroteuthis Infernalis, de Vilém Flusser, este artigo discute alguns dos conceitos principais ali tratados e, a partir deles, propõe uma reflexão acerca do ambiente político-midiático contemporâneo. Sob uma abordagem ensaístico-flusseriana, parto de uma breve contextualização da obra em questão e, ao longo do argumento, delineio paralelos com debates atuais. A interpretação aqui empreendida pauta-se nos conceitos de espelho deformante, conspiração esotérica e obscenidade. Defendo, por fim, que a metáfora vampyrotêuthica segue atuante ao devolver-nos uma imagem de nós mesmos na qual não nos reconhecemos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Namba Beccari, Universidade Federal do Paraná

Professor do Departamento de Design da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP).

Publicado
24-06-2019
Como Citar
Beccari, M. (2019). O abismo através do espelho. Visualidades, 17, 14. https://doi.org/10.5216/vis.v17.57487
Seção
Artigos