Partilhando experiências de Arte Urbana

o coletivo Mulheres no Graffiti

  • Jo A-mi Unilab
Palavras-chave: Coletivo Mulheres no Graffiti, Arte Urbana, Intervenção artística

Resumo

Este artigo pretende narrar as experiências que acompanharam uma intervenção artístico-feminista do coletivo Mulheres no graffiti, na capital cearense, desde o processo de criação até a constituição da ação nas ruas da cidade. Para tal, procurei lançar mão de imagens, relatos das participantes, interações e observações com/de transeuntes e do diário de bordo a fim de compreender os (des)enredos da intervenção "dicionário feminista" como matriz simbólica que atravessa a trajetória desse Coletivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jo A-mi, Unilab

É artista visual, escritora, professora-pesquisadora da Unilab-CE (no Instituto de Humanidades e no Mestrado Profissional em Ensino e Formação Docente), da UFC (no Programa de Pós-Graduação em Artes) e pós-doutoranda em Artes, pela UFMG. Trabalha com pesquisas e projetos de extensão nas áreas de Arte Contemporânea e Literaturas contemporâneas de Língua Portuguesa com discussões que passam por Arte Urbana/Cidade/Urbanidade, Gênero/Corpo/Erotismo, Escrita/Escritura/Poética. Coordenadora do ATELIÊ (Grupo de pesquisas e estudos interartes/UNILAB), tem participado de exposições/instalações artísticas e experimentado incursões com videoarte (na pele, da rua/2018, disponível em https://www.youtube.com/watch?v=gPUkV7lJGuY) e documentário (No Ceará dos grafites/2016, acessível em: https://goo.gl/Y7VzjL). Enquanto escritora, publicou os livros Pela Impermanência (2018) e Cor Adormecida (2012).

Referências

AGUIAR, Douglas. Urbanidade e a qualidade da cidade, p.61-80, In: AGUIAR, Douglas; M. NETTO, Vinicius (orgs). Urbanidades. Rio de Janeiro: Folio Digital: Letra e Imagem, 2012. Disponível em: <http://www.academia.edu/6314921/URBANIDADES._Livro_completo_>. Acesso em: 03 de abril de 2017.

BAPTISTA, Josely Vianna; FARIA, Francisco. Corpografia. São Paulo: Iluminuras, 1992.

BASBAUM, Ricardo. Manual do artista-etc. Rio de Janeiro: Beco do Azougue, 2013.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. 3ª Ed. Rio de Janeiro: Bestbolso, 2016.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2. v.1. 2a Ed. São Paulo: Editora 34, 2011.

DIDI-HUBERMAN, Georges. O que vemos, o que nos olha. 2a Ed. São Paulo: Editora 34, 2010.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. 4ª Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2016.

______. A ordem do discurso. 24a ed. São Paulo: Loyola, 2014.

GUATTARI, Félix; ROLNIK, Suely. Micropolítica: cartografias do desejo. Petrópolis/RJ: Vozes, 1986.

HEIDEGGER, Martin. "A proveniência da arte e a destinação do pensamento". In: ______. L'Herne. Paris: Éditions de l'Herne, 1983.

HOUAISS - DICIONÁRIO ELETRÔNICO DA LÍNGUA PORTUGUESA. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001.

JACOBS, Jane. Morte e vida de grandes cidades. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2001.

LINS, Osman. Avalovara. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

M. NETTO, Vinícius. A urbanidade como devir do urbano, p.33-60, In: AGUIAR, Douglas; M. NETTO, Vinicius (orgs). Urbanidades. Rio de Janeiro: Folio Digital: Letra e Imagem, 2012. Disponível em: <http://www.academia.edu/6314921/URBANIDADES._Livro_completo_>. Acesso em: 03 de abril de 2017.

MORENO, Renata. Entre o capital e a vida: pistas para uma reflexão feminista sobre as cidades, p.43-74, In: MORENO, Renata (org). Reflexões e práticas de transformação feminista. (Coleção Cadernos Sempreviva. Série Economia e Feminismo, 4). São Paulo: SOF, 2015. Disponível em: <http://www.sof.org.br/wp-content/uploads/2016/01/reflex%C3%B5esepraticasdetransforma%C3%A7%C3%A3ofeminista.pdf>. Acesso em: 23 de março de 2017.

MULHERES NO GRAFFITI. Fortaleza, 14 de junho. 2017 [28:29 min.]. Entrevista concedida à Pesquisa "Mulheres e Arte Urbana: Relações de Gênero na cena cearense". Entrevistadora: Maria Mykele Alves Dodó.

PLATÃO. Teeteto/Crátilo. 3a Ed. Belém: Editora universitária UFPA, 2001.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: EXO Experimental org./Editora 34, 2009.

RHEINGANTZ, Paulo. Narrativas ou traduções de urbanidade, p. 135-162, In: AGUIAR, Douglas; M. NETTO, Vinicius (orgs). Urbanidades. Rio de Janeiro: Folio Digital: Letra e Imagem, 2012. Disponível em: <http://www.academia.edu/6314921/URBANIDADES._Livro_completo_>. Acesso em: 03 de abril de 2017.

RILKE. Poemas e cartas a um jovem poeta. Rio de Janeiro: Ediouro, 1970.

SENNETT, Richard. O declínio do homem público. 1a Ed. Rio de Janeiro: Record, 2014.

SOUZA, Elizeu Clementino de; MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. Entrelaçamentos entre histórias de vida, arte e educação, p.13-24, In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene; SOUZA, Elizeu Clementino de (orgs.). Pesquisa narrativa: interfaces entre histórias de vida, arte e educação. Santa Maria: UFSM, 2017.

SUÁREZ, Daniel Hugo. Pesquisa narrativa: outras formas de conhecer, p.09-12, In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene; SOUZA, Elizeu Clementino de (orgs.). Pesquisa narrativa: interfaces entre histórias de vida, arte e educação. Santa Maria: UFSM, 2017.

Publicado
23-07-2019
Como Citar
A-mi, J. (2019). Partilhando experiências de Arte Urbana. Visualidades, 17, 21. https://doi.org/10.5216/vis.v17.50477
Seção
Artigos