Arte, cotidianidade e domesticidade: das metanarrativas aos pequenos relatos contemporâneos

  • Karine Perez Universidade Federal de Santa Maria - UFSM.
Palavras-chave: cotidianidade, domesticidade, pequenos relatos

Resumo

Este artigo trata das relações entre arte, cotidianidade e domesticidade, analisadas a partir da observação de um direcionamento discursivo, artístico e cultural rumo aos pequenos relatos e a uma esfera micro, refletida no crescente interesse dos artistas pelas questões do cotidiano, da vida íntima, do privado e do doméstico na arte. Este interesse se renova a partir da década de 1980, por meio do uso da fotografia pelos artistas, o que possibilita a produção de ficções e novas realidades montadas para a tomada fotográfica.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karine Perez, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM.

Professora adjunta no Departamento de Artes Visuais, UFSM. Líder do GPICTO - Grupo de Pesquisa Processos Pictóricos (CNPQ/UFSM). Doutora em Poéticas Visuais pelo PPGAV/UFRGS, com período sanduíche na Universitat Politècnica de València (Espanha), pelo PDSE/CAPES. Mestre em Artes Visuais pelo PPGART/UFSM. Graduada em Desenho e Plástica - Bacharelado (2005) e Licenciatura Plena (2007) pela UFSM.

Referências

CEREZO, Álvaro Galmés. Morar: arte y experiencia de la

condición doméstica. Madrid: Ediciones Asimétricas, 2014.

COUCHOT, Edmond. A tecnologia na arte: da fotografia à

realidade virtual. Poto Alegre: UFRGS, 2003.

DANTO, Arthur. Após o fim da arte: a arte contemporânea e os

limites da história. São Paulo: Odysseus, 2006.

FERRANDO, Bartolomé. arte y cotidianeidad hacia la transformación

de la vida en arte. Madrid: Árdora Ediciones, 2012.

FISCHER, Rosa Maria Bueno. Mídia e produção do sujeito: o

privado em praça pública. In: FONSECA, Tania Mara Galli;

FRANCISCO, Deise Juliana (Org.). Formas de ser e habitar a

contemporaneidade. Porto alegre: UFRGS, 2000. p. 109-120.

GASSEN, Fernanda Bulegon. Agenciamentos de visita: nota-

ções pictóricas na fotografia de ambientes domésticos. 2010.

f. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) – Programa

de Pós-Graduação em Artes Visuais, Universidade Federal

do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

LYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. 12. ed. Rio

de Janeiro: José Olympio, 2009.

MAH, Sérgio. Sentidos de lo cotidiano. [S.l.: s.n.], [2009].

Disponível em: <http://www.phedigital.com/anteriores/html/phe_dinamica/archivos/descarga.

php?nombre=presentacion.pdf>. Acesso em: 27 jul. 2009.

PEREZ, Karine. “Habitações”: autorretratos como microterritó-

rios subjetivos. 2016. 200 f. Tese (Doutorado em Artes Visuais)

- Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, Universidade

Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

ROUILLÉ, André. A fotografia: entre documento e arte

contemporânea. São Paulo: SENAC, 2009.

Publicado
13-12-2018
Como Citar
Perez, K. (2018). Arte, cotidianidade e domesticidade: das metanarrativas aos pequenos relatos contemporâneos. Visualidades, 16(2). https://doi.org/10.5216/vis.v16i2.48292
Seção
Artigos