Intervenção marinha: a arte ecológica de Jason Decaires Taylor

  • Selma Machado Simão Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Palavras-chave: Artes Visuais, Arte Contemporânea, Meio-ambiente

Resumo

Este artigo apresenta análises sobre a arte de Jason deCaires Taylor, articuladas com proposições extraídas da obra do filósofo Hans Jonas (1997, 2006). Desse modo, baseia-se nas investigação dos processos de criação do artista, além das experiências ética, estética e ecológica de sua arte, evidenciando um conceito amplamente defendido por Hans Jonas, o “Princípio Responsabilidade”. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Selma Machado Simão, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas - FE Unicamp (2012), realizou pós-doutorado em Educação pela Unesp de Rio Claro (2016). É professora universitária e artista plástica, tendo experiência profissional na área do Ensino Superior, Médio e Fundamental. 

Referências

HEGEL, Georg W. F. Vorlesungen über die Philosophie der

Kunst. Hamburg: Felix Meiner, 1998.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e método. Tradução de

Flávio P. Meurer. 4 ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

JONAS, Hans. Memórias. Madrid: Losada, 2005.

____. O Princípio Responsabilidade: ensaio de uma ética

para uma civilização tecnológica. Rio de Janeiro: PUC

Rio, 2006.

____. Técnica, medicina y ética: la práctica del principio

responsabilidad. Barcelona: Paidós, 1997.

KOSUTH, Joseph. Escritos de artistas. Anos 60/70. In:

FERREIRA, Glória; COTRIM, Cecilia (Org.). Rio de

Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2006. p. 210-234.

LYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. Tradução Ricardo Corrêa Barbosa. 6 ed. Rio de Janeiro: José

Olympio, 2000.

MELLO, Sidney L. M.; PALMA, Jorge J. C. Geologia e geofí-

sica na exploração de recursos minerais marinhos. Revista

Brasileira de Geofísica, v. 18, n. 3, 2000.

MORIN, Edgard. Da culturanálise à política cultural. Revista

Margem, São Paulo, n. 16, p. 183-221, dez. 2002.

____. Os setes saberes necessários à educação do futuro.

Tradução de Catarina Eleonora F. Silva e Jeanne Sawaya.

São Paulo: Cortez, 2000.

NIETZSCHE, Friedrich. O nascimento da tragédia, ou helenismo e pessimismo. Tradução, notas e posfácio de J. Guinsburg. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

MUSEU ATLÂNTICO (MA). Dossiê comercial do Museu

Atlântico. Lanzarote: Centros de Arte, Cultura y Turismo

– Cabildo de Lanzarote; Gobierno de Canarias, 2015.

VOLZ, Jochen (Cur.); NGCOBO, Gabi; REBOUÇAS, Júlia;

LARSEN, Lars Bang; OLASCOAG, Sofia (Cocuradores).

Incerteza viva é o título da 32ª Bienal. 2015. Disponível

em: <http://bienal.org.br/bienal.php?i=56>. Acesso em:

set. 2016.

Publicado
13-12-2018
Como Citar
Simão, S. M. (2018). Intervenção marinha: a arte ecológica de Jason Decaires Taylor. Visualidades, 16(2). https://doi.org/10.5216/vis.v16i1.46419
Seção
Artigos