Entre a realidade e o engano: as anamorfoses na comunicação visual

Helena Ferreira (Universidade de Lisboa, Portugal)

Resumo


O presente artigo visa refletir sobre a utilização das anamorfoses no contexto da comunicação gráfica e visual começando por apresentar uma breve evolução da anamorfose na comunicação visual, desde a sua origem até à atualidade, através da análise de alguns exemplos históricos e contemporâneos de representações anamórficas utilizadas na arte e no design. Trata-se de uma reflexão sobre as potencialidades do mecanismo da anamorfose enquanto veículo de comunicação visual baseada no jogo perceptivo entre a realidade e o engano. Desta forma, propõem-se a possibilidade deste mecanismo perceptivo se enquadrar numa história mais abrangente, a história da visualidade.

Palavras-chave: Anamorfose, design, comunicação visual


Texto completo:

PDF

Referências


AD COUNCIL. Inspiring Change, Improving Lives. 2013. Disponível em . Acesso em 2013-02-01.

ANDERSEN, K. The Geometry of an Art. New York: Springer Science+Business Media, 2007.

BALTRUŠAITIS, Jurgis. Les Perspectives Dépraveés: Anamorphoses. Paris: Ed. Flammarion, 1984.

EDGAR MUELLER. 2013. Disponível em URL: . Acesso em 02-01-2015.

FELICI VARINI. 2013. Disponível em . Acesso em 02-01-2015.

HOUAISS, António; VILLAR, Mauro. Catóptrica. In Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Vol. 1. Lisboa: Temas & Debates, 2003, p. 848.

_____________. Anamorfose. In Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Vol. 1. Lisboa: Temas & Debates, 2003, p. 264.

JONTY HURWITZ. 2013. Disponível em . Acesso em 02-01-2015.

JOSEPH EGAN. Anamorphic-Typography. In Graphic Design, Art Direction & Typography, 2013. Disponível em . Acesso em 02-01-2015.

JULIAN BEEVER. 2013. Disponível em URL: http://www.julianbeever.net/. Acesso em 02-01-2015.

KEMP, M. The Science of Art. Optical Themes in Western Art from Brunelleschi to Seurat. New Haven e London: Yale University Press, 1990.

LANDA, R. Graphic Design Solutions. 4ª ed. Boston: Wadsworth, 2001.

MELCHIOR-BONNET, S. The mirror: A History. New York: Routledge, 2001.

THE NATIONAL GALLERY. 2013. Disponível em URL: . Acesso em 01-02-2013.

TRINDADE, A. O. Um Olhar Sobre a Perspectiva Linear Em Portugal nas Pinturas de Cavalete, Tectos e Abóbadas: 1470-1816. Tese de Doutoramento. Lisboa: Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, 2008.

XAVIER, J. P. Perspectiva, Perspectiva Acelerada e Contraperspectiva (2ª ed.). Porto: FBAUP, 1997.

WALKER WERBEAGENTUR. Amnesty International. 2013. Disponível em . Acesso em 2013-02-01.




DOI: https://doi.org/10.5216/vis.v14i1.33969 ';



Direitos autorais 2016

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 

Logotipo do IBICT

 

Crossref

 

 



FACULDADE DE ARTES VISUAIS/UFG
Secretaria de Pós-Graduação

Avenida Esperança, s/n
Câmpus Samambaia (Câmpus II)
CEP: 74690-900

Telefone: (62) 3521-1442
www.fav.ufg.br/culturavisual

 

 

Licença Creative Commons


A revista Visualidades está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.