[1]
A. Paranhos, “O Brasil nasceu cansado? Entre o louvor e o horror ao trabalho na música popular (Anos 1930/1940) DOI10.5216/o.v8i11.9352”, OPSIS, vol. 8, nº 11, p. 13–36, mar. 2010.