[1]
A. F. dos S. Leite e T. R. M. de Oliveira, “Trilhas de gênero, armadilhas do pensamento: Políticas da masculinidade em um currículo de medicina DOI 10.5216/o.v13i2.23242”, OPSIS, vol. 13, nº 2, p. 106–128, fev. 2014.