Subjetividade, fim de milênio: Com que roupa? DOI10.5216/o.v1i1.9382

Autores

  • Tania Maia Barcelos

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v1i1.9382

Resumo

Este artigo tem por objetivo provocar algumas reflexões sobre a nossa subjetividade neste fim de milênio. Diante dos movimentos do samba do mundo contemporâneo, temos experimentado inquietações e instabilidades diversas. Isso nos faz buscar estratégias para sobreviver aos desafios colocados e, ao mesmo tempo, leva-nos a inventar novas roupagens e novas possibilidades de existência

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-03-30

Como Citar

BARCELOS, T. M. Subjetividade, fim de milênio: Com que roupa? DOI10.5216/o.v1i1.9382. OPSIS, Goiânia, v. 1, n. 1, p. 18–24, 2010. DOI: 10.5216/o.v1i1.9382. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/Opsis/article/view/9382. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Cultura e Fim de Milênio