Memórias do cárcere: História, Memória e Literatura DOI10.5216/o.v8i11.9361

Autores

  • Kamilly Barros de Abreu Silva Rede pública municipal de ensino de Goiânia

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v8i11.9361

Resumo

Este trabalho visa articular a tríade história / memória /literatura na obra-prima de Graciliano Ramos, Memórias do Cárcere. O conceito de literatura de testemunho surge como elemento articulador, exigindo um novo tratamento na consideração das relações entre história e memória e história e literatura. O testemunho do autor expõe o passado em sua face fragmentada: nas fissuras da história, muitas vezes não alcançadas pelo historiador, revela-se uma outra memória – uma memória que pode contribuir para o movimento de auto-reflexão da história. Palavras-chave: memória, literatura de testemunho, Memórias do Cárcere.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kamilly Barros de Abreu Silva, Rede pública municipal de ensino de Goiânia

Mestre em História, Professora da Rede Municipal de Ensino em Goiânia

Downloads

Publicado

28-03-2010

Como Citar

Silva, K. B. de A. (2010). Memórias do cárcere: História, Memória e Literatura DOI10.5216/o.v8i11.9361. OPSIS, 8(11), 210–221. https://doi.org/10.5216/o.v8i11.9361