Historigrafia e identidade urbana no sul de Santa Catarina (Década de 1970) DOI10.5216/o.v7i9.9338

Autores

  • Dorval do Nascimento UNESC -

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v7i9.9338

Resumo

Busca-se refletir sobre as relações da historiografia com a memória oficial e a identidade urbana, tomando-se como centro da análise um conjunto de obras produzidas no Sul de Santa Catarina na década de 1970. Esse período é considerado fundamental no processo de transformações identitárias pelas quais passavam as cidades da região carbonífera do Estado. De certa forma, pretendese refletir sobre as inflexões na identidade urbana a partir da historiografia local. Palavras-chave: historiografia, memória, identidade, cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dorval do Nascimento, UNESC -

Doutor em História (UFRGS), professor do curso de história da UNESC, realizou aperfeiçoamento na École des Hautes Etudes en Sciences Sociales - EHESS (2005- 2006). É líder do grupo de pesquisa Cidade, Espaço e Cultura (UNESC) e membro do grupo de pesquisa Cidade e Cultura (UFRGS). É autor do livro As Curvas do Trem - A Presença da Estrada de Ferro no Sul de Santa Catarina (Criciúma: UNESC, 2004), além de artigos e capítulos de livros. dna@unesc.net

Downloads

Publicado

27-03-2010

Como Citar

Nascimento, D. do. (2010). Historigrafia e identidade urbana no sul de Santa Catarina (Década de 1970) DOI10.5216/o.v7i9.9338. OPSIS, 7(9), 201–214. https://doi.org/10.5216/o.v7i9.9338