Sobre a feitura da micro-história DOI10.5216/o.v7i9.9336

Autores

  • José D’ Assunção Barros Universidade Severino Sombra (USS) de Vassouras

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v7i9.9336

Resumo

Este artigo busca esclarecer e discutir alguns aspectos relacionados à Micro-História, considerada aqui mais como uma especialidade e abordagem do que como uma corrente da historiografia recente. São discutidos aspectos diversos, incluindo as abordagens de que dispõem os micro-historiadores para o tratamento de suas fontes históricas e as novas maneiras de apresentar o texto historiográfico que foram introduzidas na historiografia recente pela Micro- História. Busca-se definir com maior precisão este campo da historiografia, contrastando-o com a Macro-História tradicional e distinguindo-o de outras especialidades em que hoje se divide a Historiografia profissional. Palavras-chave: micro-história, análise intensiva, novos padrões narrativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José D’ Assunção Barros, Universidade Severino Sombra (USS) de Vassouras

Doutor em História Social pela Universidade Federal Fluminense e professor de História nos Cursos de Graduação e Mestrado da Universidade Severino Sombra(USS) de Vassouras. Autor dos livros O Campo da história (2004), O projeto de pesquisa em história (2004) e Cidade e história (2007), todos publicados pela Editora Vozes.

Downloads

Publicado

27-03-2010

Como Citar

Barros, J. D. A. (2010). Sobre a feitura da micro-história DOI10.5216/o.v7i9.9336. OPSIS, 7(9), 167–186. https://doi.org/10.5216/o.v7i9.9336

Edição

Seção

Dossiê Teoria da História