A Disseminação da Literatura dos Bestiários na Cronística Colonial Luso-Brasileira DOI10.5216/o.v1i1.9183

Autores

  • Luciana Borges UFG - Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v1i1.9183

Resumo

Aspectos do imaginário literário medieval, concatenados nos Bestiários - manuais de Zoologia simbólica - podem ser detecdados no discurso cronístico colonial luso-brasileiro do séc. XVI, como mecanismo implícito de legitimação dos tropi de feminilização e zoomorfização da realidade autóctone, peculiar à maioria dos relatos. Serão analisados os Diálogos das Grandezas do Brasil, de Ambrósio Fernandes Brandão, intextertualizados com outras narrativas, sempre que necessário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-03-23

Como Citar

BORGES, L. A Disseminação da Literatura dos Bestiários na Cronística Colonial Luso-Brasileira DOI10.5216/o.v1i1.9183. OPSIS, Goiânia, v. 1, n. 1, p. 57–65, 2010. DOI: 10.5216/o.v1i1.9183. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/Opsis/article/view/9183. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Cultura e Fim de Milênio