APRESENTAÇÃO

  • Jose Lima Soares Universidade Federal de Goiás/Campus Catalão, Catalão, GO, Brasil
Palavras-chave: Mundo do Trabalho, Precarização, Reestruturação Produtiva.

Resumo

APRESENTAÇÃO

 

O presente dossiê Mundo do Trabalho na Sociedade Contemporâneavisa debater o novo e precário mundo do trabalho, a partir das implicações das grandes mudanças tecnológicas e organizacionais sobre as condições materiais de existência, bem como no plano da subjetividade das classes trabalhadoras. O ponto de partida é que temos um mundo do trabalho em crise, que é mais complexo, heterogêneo, e marcado por profundas contradições que se inscrevem numa lógica destrutiva do capital e que afeta diretamente os trabalhadores. O sistema sociometabólico do capital, em pleno século XXI, não oferece uma perspectiva plausível para a humanidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jose Lima Soares, Universidade Federal de Goiás/Campus Catalão, Catalão, GO, Brasil

APRESENTAÇÃO

 

O presente dossiê Mundo do Trabalho na Sociedade Contemporâneavisa debater o novo e precário mundo do trabalho, a partir das implicações das grandes mudanças tecnológicas e organizacionais sobre as condições materiais de existência, bem como no plano da subjetividade das classes trabalhadoras. O ponto de partida é que temos um mundo do trabalho em crise, que é mais complexo, heterogêneo, e marcado por profundas contradições que se inscrevem numa lógica destrutiva do capital e que afeta diretamente os trabalhadores. O sistema sociometabólico do capital, em pleno século XXI, não oferece uma perspectiva plausível para a humanidade.

Referências

Os princípios neoliberais da flexibilidade dos empregos e dos horários de trabalho ou o modelo toyotista de organização do trabalho tem impactado sobremaneira a realidade social contemporânea, trazendo como consequência o desmantelamento do “Estado de bem-estar social”, a flexibilização e a precarização do trabalho, impondo estratégias gestionárias como elementos ideológicos e controladores da subjetividade dos assalariados; processos de fragmentação e transformismo em curso nas organizações sindicais; além das dificuldades para o acesso a direitos no trabalho doméstico.

Publicado
19-11-2018
Como Citar
Soares, J. (2018). APRESENTAÇÃO. OPSIS, 18(2). Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/Opsis/article/view/52552