Cultura escolar e ensino de história em tempos de ditadura militar brasileira DOI10.5216/o.v14i2.30812

Autores

  • Antonio Simplicio de Almeida Neto Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v14i2.30812

Palavras-chave:

ensino de história, cultura escolar, ditadura militar, disciplina escolar, currículo

Resumo

Elementos da cultura escolar referentes ao ensino de História durante a ditadura militar brasileira são apresentados e discutidos a partir da utilização de corpus documental constituído por Relatórios de Estágio de Prática de Ensino de História (FEUSP) e Registros Escolares de escolas públicas estaduais de São Paulo (Atas de Reunião de Centro Cívico, Pedagógica e de Área, Livros de Termos de Visitas de Supervisão, Livro de Ocorrências Disciplinares e de Escala de Hasteamento de Arreamento de Bandeira) das décadas de 1960 e 1970. Revela-se uma intrincada e complexa rede de acontecimentos e sujeitos que amplia a perspectiva de análise dessa disciplina escolar num período de profundas transformações na educação escolar brasileira. Dentre os elementos dados a conhecer, destacam-se: formas de manifestação do poder na estrutura hierárquica da escola; diferentes posicionamentos dos professores; participação docente nos diversos encaminhamentos do cotidiano escolar, através de reuniões, festividades, aulas e eventos; práticas em sala de aula com a seleção de conteúdos, abordagens e usos de materiais didáticos e atuação dos alunos na dinâmica escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Simplicio de Almeida Neto, Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Docente do Departamento de História da Universidade Federal de São Paulo.

Downloads

Publicado

29-10-2014

Como Citar

Almeida Neto, A. S. de. (2014). Cultura escolar e ensino de história em tempos de ditadura militar brasileira DOI10.5216/o.v14i2.30812. OPSIS, 14(2), 56–76. https://doi.org/10.5216/o.v14i2.30812

Edição

Seção

Dossiê História, Sociedade e Práticas Educativas