No risco da faca: crimes de honra e justiça privada no termo da Vila da Fortaleza (séc. XVIII-XIX) DOI 10.5216/o.v13i2.23838

Autores

  • Walter de Carvalho Braga Júnior Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v13i2.23838

Palavras-chave:

Criminalidade, Justiça Privada, Gênero

Resumo

O presente trabalho visa através do estudo de fontes jurídicas e processos criminais do Ceará de finais do século XVIII e início do XIX, compreender a relação entre crimes e justiça privada, dando destaque aos crimes contra a honra. As conexões entre mandantes de crimes e seus agentes ficam evidentes nas fontes, os Autos de Querella e Denúncia nos permitem visualizar todas as tramas que envolviam homens e mulheres em uma sociedade regida pela violência e onde quem tinha poder e posses tinha a justiça ao seu lado. A morosidade da justiça e a sensação de impunidade reinante levaram muitas pessoas a tomarem a justiça em suas próprias mãos, dando cabo de suas querelas cotidianas de forma violenta. Como forma de coibir a onda de violência e manter o monopólio da aplicação da justiça o Estado tomou diversas medidas como, por exemplo, o aumento da vigilância sobre os indivíduos, principalmente os vadios e vagabundos, constantemente envolvidos em crimes violentos e que agiam sob a tutela de um protetor poderoso. O objetivo principal deste trabalho é entender os processos que tornaram a ação violenta a forma principal de resolução de conflitos no Ceará e como esta banalização da violência se tornou marca característica da identidade cearense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Walter de Carvalho Braga Júnior, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE

Doutorando em História Social pela Universidade Federal do Ceará - UFC Mestre em História Social pela mesma instituição. Pesquisador no Grupo de Estudos e Pesquisa em História e Gênero - UFC Pesquisador do Grupo Tradições Discursivas do Ceará - UFC

Downloads

Publicado

16-02-2014

Como Citar

Braga Júnior, W. de C. (2014). No risco da faca: crimes de honra e justiça privada no termo da Vila da Fortaleza (séc. XVIII-XIX) DOI 10.5216/o.v13i2.23838. OPSIS, 13(2), 372–394. https://doi.org/10.5216/o.v13i2.23838

Edição

Seção

Artigos