“A gloriosa Polícia Militar do Paraná”: Masculinidade e identidade institucional (século XX) DOI 10.5216/o.v13i2.22533

Autores

  • Andréa Mazurok Schactae Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, PR Faculdade Integrada de Itararé, Itararé, PR

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v13i2.22533

Palavras-chave:

masculinidade, identidade, instituição policial militar, gênero

Resumo

O estudo da construção da identidade de uma instituição policial militar organizada pela hierarquia e disciplina é um passo importante para o conhecimento das construções históricas de gênero e para a historiografia brasileira. Uma instituição que representa o Estado e o seu poder armado é construtora de identidades de gênero legitimadas pelo poder e pela tradição. Portanto o objetivo desse artigo é analisar a construção da identidade da Polícia Militar do Estado do Paraná, ao longo do século XX, a qual é definidora de um ideal de masculinidade. Um ideal que orienta a construção de identidades subjetivas e práticas de agentes sociais. Para orientar a reflexão destacam-se as contribuições teóricas de P. Bourdieu, J. Scott e R. Connell. Vale destacar que as fontes utilizadas nesse artigo são documentos institucionais, entre os quais discursos comemorativos e leis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa Mazurok Schactae, Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, PR Faculdade Integrada de Itararé, Itararé, PR

Possui graduação em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (1999), mestrado em História pela Universidade Federal do Paraná (2003) e doutorado em História pela Universidade Federal do Paraná (2011). Realizou missão de estudos na modalidade de bolsa de doutorado sanduíche na Universidad de Holguín (2010), integrando as atividades do Projeto CAPES/MES-CUBA. O projeto desenvolvido em Cuba, intitulado Mulheres Guerreiras: identidades de gênero e a Revolução Cubana, e a tese de doutorado, “Farda e batom, arma e saia: a construção da Polícia Militar Feminina no Paraná (1977-2000)”, orientada pela Profa. Dra. Ana Paula Vosne Martins, são estudos sobre a construção do(s) feminino(s) em instituições armadas. Atualmente é professora colaboradora no Departamento de História da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e professora do Curso de Licenciatura em História das Faculdades Integradas de Itararé (FAFIT).

Downloads

Publicado

16-02-2014

Como Citar

Schactae, A. M. (2014). “A gloriosa Polícia Militar do Paraná”: Masculinidade e identidade institucional (século XX) DOI 10.5216/o.v13i2.22533. OPSIS, 13(2), 36–57. https://doi.org/10.5216/o.v13i2.22533

Edição

Seção

Dossiê Masculinidades