Identidade masculina: um trabalho com homens em situação de violência doméstica DOI10.5216/o.v13i1.20485

Autores

  • Fernando César Paulino-Pereira Universidade Federal de Goiás/Campus Catalão, Catalão, GO
  • Lucas Augusto de Carvalho Ribeiro Universidade Federal de Goiás/Campus Catalão, Catalão, GO

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v13i1.20485

Palavras-chave:

Identidade, Homens, Violência, Gênero, Análise.

Resumo

Este trabalho de Psicologia Social teve por objetivo realizar uma análise da identidade masculina e sua relação com a violência doméstica através de escutas terapêutico-educativas. Para cumprir tal estudo foram entrevistados dez homens em conflitos conjugais registrados pela DEAM (Delegacia especializada no atendimento a mulher) do município de Catalão-Goiás. Utilizou-se da formulação da Teoria da Identidade por Antônio da Costa Ciampa, partindo da premissa de que a identidade é formada a partir das representações e experiências advindas das relações sociais. Foram analisadas as participações dos sujeitos: A.C; R.C.B; A.N.C e A.P.S. Os resultados apontam para a existência de uma reprodução por parte dos participantes do modelo hegemônico de masculinidade que tenta justificar a violência de homens contra mulheres apoiados na concepção de que homens podem bater e mulheres devem apanhar. O trabalho enfocando o conceito analítico de identidade permitiu observar que a identidade masculina é construída de modo individual e cultural, podendo o sujeito vir a representar diversos modelos impostos pelas relações sociais, necessitando do processo de emancipação para revisão de condutas e adoção de novas posturas

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando César Paulino-Pereira, Universidade Federal de Goiás/Campus Catalão, Catalão, GO

Possui graduação em Psicologia - Formação de Psicólogo pela Universidade Metodista de Piracicaba (2000), graduação em Bacharel em Teologia pela Faculdade de Teologia da Igreja Metodista (1994), graduação em Licenciatura em Psicologia pela Universidade Metodista de Piracicaba (2000), mestrado em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo (1999) e doutorado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Atualmente é presidente da Associação dos Docentes do Campus Catalão e docente da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: identidade, educação, comunidade, psicologia social e adolescentes.

Lucas Augusto de Carvalho Ribeiro, Universidade Federal de Goiás/Campus Catalão, Catalão, GO

Estudante do curso de Psicologia (Bacharel e Licenciatura) pela Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão, desde 2009. Atualmente,é aluno-pesquisador bolsista CNPQ sobe a orientação do Drº Fernando César Paulino Pereira no projeto de pesquisa "Identidade e Violência: Intervenção em Processos Grupais e a Questão da Identidade de Homens em Situação de Violência".

Downloads

Publicado

27-09-2013

Como Citar

Paulino-Pereira, F. C., & Ribeiro, L. A. de C. (2013). Identidade masculina: um trabalho com homens em situação de violência doméstica DOI10.5216/o.v13i1.20485. OPSIS, 13(1), 265–283. https://doi.org/10.5216/o.v13i1.20485