Mito, História, Memória e Ação: bandeirantismo e usos do passado no pensamento de Alfredo Ellis Jr. DOI 10.5216/o.v12i1.15169

Diogo da Silva Roiz

Resumo


O objetivo principal deste artigo é estudar a trajetória intelectual de Alfredo Ellis Jr, entre 1930 e 1937, inquirindo como apreendeu as discussões sobre a “a revolução de 1930”, “de 1932” e o “golpe de 1937”. Durante esse período esteve na Assembléia Legislativa do estado de São Paulo, como deputado estadual, foi ao combate na “Revolução Constitucionalista de 1932”, exerceu o ofício de professor de história e voltou para a Assembléia Constituinte de São Paulo.

Palavras-chave


Intelectuais paulistas; Bandeirantismo; Década de 1930; Alfredo Ellis Jr.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5216/o.v12i1.15169



Logotipo do IBICT
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br

Visitantes: contador de visitas