Poder e transfiguração do imaginário no candomblé DOI 10.5216/o.v11i2.13867

Autores

  • Paulo Correia Universidade de Brasilia

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v11i2.13867

Palavras-chave:

Candomblé, Cultura, Poder, Transfiguração Estética, Imaginário

Resumo

Propõe-se discutir o Poder e a transfiguração do imaginário que povoa o Terreiro de Candomblé, religião de matriz africana que se desenha no culto dos Orixás diante de uma complexa hierarquia que compõe o cenário religioso, intensificando assim as relações macro e microfísica do poder, ativando o imaginário estético e ritualístico das religiões de matrizes africanas e fazendo dos Orixás os arautos do poder.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Correia, Universidade de Brasilia

Doutor em Educação pela UFRGS e Profesor de Filosofia pela UNB

Downloads

Publicado

31-12-2011

Como Citar

Correia, P. (2011). Poder e transfiguração do imaginário no candomblé DOI 10.5216/o.v11i2.13867. OPSIS, 11(2), 15–34. https://doi.org/10.5216/o.v11i2.13867

Edição

Seção

Dossiê Cultura, imaginário e poder