Governar os corpos e reger as almas: a relação entre “igreja” e “cidade” na correspondência de S. Gregório Magno DOI10.5216/o.v10i2.11162

Autores

  • André Luis Pereira Miatello Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v10i2.11162

Palavras-chave:

História, Igreja, política, poder, sociedade

Resumo

Neste artigo, analisamos os sentidos e os usos que são Gregório Magno dá aos termos regimen e administratio; diferentes entre si, já que o primeiro se refere à função do clérigo e o segundo, à função do magistrado civil, ambos indicam uma comum finalidade sobrenatural: a salvação dos homens mediante a conversão à fé e a cristianização dos comportamentos. Igreja e Cidade são, portanto, parcelas de uma mesma unidade supratemporal: a sociedade cristã.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Luis Pereira Miatello, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutor em História Social, ênfase em História Social da Idade Média. Professor de História Medieval do Departamento de História da Faculdade de Filosfia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais, vinculado à área de História e culturas políticas

Downloads

Publicado

22-02-2011

Como Citar

Miatello, A. L. P. (2011). Governar os corpos e reger as almas: a relação entre “igreja” e “cidade” na correspondência de S. Gregório Magno DOI10.5216/o.v10i2.11162. OPSIS, 10(2), 11–26. https://doi.org/10.5216/o.v10i2.11162

Edição

Seção

Dossiê História e Estudos Medievais