Sexualidade, amor e erotismo na Roma Antiga: as representações de Vênus nas paredes de Pompeia DOI10.5216/o.v10i2.10921

Pérola de Paula Sanfelice

Resumo


Este artigo visa debater alguns aspectos da religiosidade romana, enfatiza, sobretudo, que temas como estes não necessitam estar separados de outros assuntos da esfera humana, e que podem estar atrelados a elementos da vida cotidiana, tais como o sexo e o amor. Para tanto, evidencia-se a importância das pinturas parietais, como um interessante instrumento de análise histórica e reflexão a respeito da diversidade do passado romano.

Palavras-chave


Religiosidade romana; sexualidade; pinturas parietais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5216/o.v10i2.10921



Logotipo do IBICT
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.revistas.ufg.br

Visitantes: contador de visitas