Duas facetas da guerra no final do medievo português: a guerra peninsular e a além-mar DOI 10.5216/o.v11i1.10809

Autores

  • Kátia Brasilino Michelan Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". UNESP/Franca

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v11i1.10809

Palavras-chave:

Cronistas, Portugal, guerra, mouros, cristãos.

Resumo

RESUMO:A proposta desse artigo é pensar como os cronistas do final do medievo português reconstruíram as guerras empreendidas pelos reis portugueses em dois contextos diferentes, a saber, a guerra peninsular, contra mouros e cristãos, e a guerra além-mar, realizada no Norte da África. Buscar-se-á desdobrar, assim, como a questão religiosa se coloca nas guerras nesses dois ambientes. PALAVRAS-CHAVE: Cronistas. Portugal. Guerra. Mouros. Cristãos. ABSTRACT: The intension of this article is to think about how Middle Age’s end Portuguese chroniclers rebuilt wars that Portuguese kings did in two different moments namely the continental war against Moors and Christians, and the war overseas, held in the North of Africa. We want to develop by this way how the religion question is present in the wars of those two different contexts. KEYWORDS: Chroniclers. Portugal. War. Moors. Christians.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kátia Brasilino Michelan, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". UNESP/Franca

Doutoranda do Programa de Pós Graduação em História e Cultura, da Faculdade de História, Direito e Serviço Social, da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mequista Filho"- UNESP/Franca. Mestre em História, pela mesma instituição. Bacharel e Licenciada em História também pela UNESP/Franca. Atua na área de História Medieval, com os temas: Portugal, expansão portuguesa, nobreza medieval portuguesa.

Downloads

Publicado

02-09-2011

Como Citar

Michelan, K. B. (2011). Duas facetas da guerra no final do medievo português: a guerra peninsular e a além-mar DOI 10.5216/o.v11i1.10809. OPSIS, 11(1), 193–209. https://doi.org/10.5216/o.v11i1.10809