PIERRE BOURDIEU: A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL NO CONTEXTO DE “A REPRODUÇÃO

Lenildes Ribeiro Silva Almeida

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão da teoria da prática em Pierre Bourdieu, com principal ênfase à sua obra em co-autoria com Passeron, A reprodução, na qual a escola revela-se como instituição fundamental no processo de reprodução social, ao dissimular as condições em que esse processo acontece, contribuindo como instrumento ideológico. Contrariando o caráter reprodutivista conferido à teoria de Bourdieu, conduzo meu raciocínio no sentido de que, ao desvelar os mecanismos de manutenção da sociedade, o autor revela a fragilidade do processo e as possibilidades de transformação social. Nesse sentido, specialmente no 0ontexto de A reprodução, busco compreender a função transformadora da escola, concebendo o princípio do conhecimento como condição primeira, tornando-se fundamental nesse processo a ação do professor como agente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/ia.v30i1.1291

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons 3.0.
Permissões para além do escopo dessa licença estão disponíveis em http://www.revistas.ufg.br

A revista Inter-Ação está indexada em:

Bibliografia Brasileira de Educação – BBE. CIBEC/INEP/MEC
Clase (Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades)
DOAJ (Directory of Open Access Journals)
Edubase (Faculdade de Educação da Unicamp – Brasil)
Educ@ (Fundação Carlos Chagas – Brasil)
EZB (Electronic Journals Library)
Iresie (Indice de Revistas de Educación Superior y Investigación – México)
IBICT/SEER (http://seer.ibict.br)
Latindex (Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal)
Ulrich’s Periodicals Directory
REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico)


Visitantes: contador de visitas