UMA NARRATIVA HISTÓRICA E DIALÓGICA NO ROMANCE MEMORIAL DO CONVENTO DE JOSÉ SARAMAGO

Rosidelma Pereira Fraga

Resumo


Este artigo tem como objetivo fulcral refletir sobre a problemática do tempo, do foco narrativo e do discurso no romance contemporâneo, Memorial do convento, do Nobel José Saramago. O artigo toma como fundamentação as teorias relevantes ao objeto da narrativa, a partir de Gérard Genette (s.d), Jean Pouillon (1974), Paul Ricouer (1994), Mikhail Bakhtin (1988), Walter Benjamim (1983), Maurice Blanchot (1987), dentre outros pressupostos que permitem discutir sobre o tempo, narrador e o discurso, adotando um método dialógico, a partir de uma interface com a História e a Ficção.

Palavras-chave


José Saramago; tempo, foco narrativo; discurso dialógico.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

REVISTA ELETRÔNICA ITINERARIUS REFLECTIONIS
Universidade Federal de Goiás - Campus Jataí­

IBICT/SEER./ http://seer.ibict.br/; SUMÁRIOS.ORG www.sumarios.org/;

LATINDEX Latindex: http://www.latindex.unam.mx

Disponível o DOI (Digital Object Identifier)