A família e o cuidado ao idoso dependente: estudo de caso

Camila Araújo Montezuma, Maria Célia de Freitas, Ana Ruth Macedo Monteiro

Resumo


O estudo objetivou conhecer o significado de ser cuidador para a família cuidadora de idoso dependente por Alzheimer e identificar as responsabilidades da família em relação aos cuidados prestados. Estudo de caso realizado com nove cuidadores, no domicílio do idoso, no segundo semestre de 2006. Utilizou-se a entrevista semi-estruturada com os cuidadores. Os preceitos éticos foram obedecidos. Com as falas identificaram-se duas categorias empíricas: o significado de ser cuidador como opcão ou obrigação e o cuidado ao idoso dependente exige responsabilidade. Verificou-se que os cuidadores assumem esse papel por obrigação, como situação imposta, e, ainda, que o dia-a-dia do cuidador é bastante modificado pela doença de seu dependente, além de ser um evento de estresse, pela exigência dos constantes ajustes na vida do cuidador, bem como as novas atividades, compromissos e adaptações advindas no desempenho do cuidado do idoso com condição crônica e degenerativa.

Palavras chave: Saúde do idoso; Enfermagem geriátrica; Família.


Palavras-chave


Saúde do idoso; Enfermagem geriátrica; Família.

Texto completo: PDF


Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.

Logotipo do Ibict