Conhecimento e utilização de serviço de atenção básica em saúde por famílias em município da região Sul do Brasil

Maria José Scochi, Thaís Aidar de Freitas Mathias, Regina Kazue Tanno de Souza, Sebastião Gazola, Célia Regina Granhen Tavares

Resumo


Este estudo foi realizado para verificar se famílias residentes na região leste de um município do Estado do Paraná conhecem e utilizam os serviços da Unidade Básica de Saúde (UBS) de sua área de abrangência. Foram entrevistadas 385 famílias selecionadas a partir do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB). O instrumento previamente testado, com questões fechadas, foi aplicado em fevereiro e março de 2004 por alunos de graduação de enfermagem e estatística, devidamente capacitados. Das famílias entrevistadas 78% não possuíam nenhum tipo de plano ou seguro saúde e 95,3% conhecia algum serviço oferecido pela UBS. A consulta médica foi citada por 91,7%, seguida pela coleta de exames laboratoriais, citados por 68,8% e a distribuição de medicamentos por 38,5% das famílias. Chamou atenção o pouco conhecimento sobre atendimento dentário referido por apenas 22,9% famílias. Os serviços da UBS eram utilizados por 90% das famílias, pela proximidade (53,9%) ou por falta de opção (40,3%). A equipe de saúde deve aprimorar suas atividades e a estrutura do serviço, avaliar a oferta e a humanização do atendimento. Além da utilização e do conhecimento dos serviços de saúde, este estudo mostra aspectos da metodologia de pesquisa como o inquérito populacional.

Palavras chave: Família; Pesquisa sobre serviços de saúde; Serviços básicos de saúde. Programa Saúde da Família; Equipe de Saúde da Família.


Palavras-chave


Família; Pesquisa sobre serviços de saúde; Serviços básicos de saúde. Programa Saúde da Família; Equipe de Saúde da Família.

Texto completo: PDF


Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.

Logotipo do Ibict