Características sócio-demográficas, condições de saúde e utilização de serviços de saúde por idosos

Darlene Mara dos Santos Tavares, Gustavo Emanuel Carvalho Borela Guidetti, Maria Isabel Borges Moreira Saúde

Resumo


Essa pesquisa objetivou identificar as características sócio-demográficas e de saúde, bem como utilização de serviços de saúde por idosos residentes na zona urbana de um município do interior de Minas Gerais, e comparar estas variáveis entre os três distritos sanitários. Inquérito domiciliar, transversal e observacional, realizado entre 2005 e 2006 em um município do interior de Minas Gerais. Participaram 2.924 idosos, entrevistados no domicílio, selecionados através da técnica de amostragem estratificada. Os dados foram digitados no EpiInfo 3.2., realizando-se análise descritiva, testes ?2 e exato de Fisher (p<0,05). O percentual de idosos nos três distritos sanitários foi: 33,5% para o DSI; 35,7% para o DSII e 30,8% para o DSIII. Maioria sexo feminino (64%); faixa etária de 60|? 70 anos (52,7%); moram com esposo ou companheiros (47%). Os idosos residentes no DSI quando comparados aos do DSII e DSIII apresentam maiores desafios na atenção à sua saúde, no entanto, estão mais satisfeitos com o atendimento e internações. 

Palavras chave: Idoso; Serviço de saúde; Planejamento em saúde; Serviços de saúde para idosos; Necessidades e demandas de serviços de saúde; Diagnóstico da situação em saúde.


Palavras-chave


Idoso; Serviço de saúde; Planejamento em saúde; Serviços de saúde para idosos; Necessidades e demandas de serviços de saúde; Diagnóstico da situação em saúde.

Texto completo: PDF


Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.

Logotipo do Ibict