Ações do enfermeiro no controle da hanseníase

Grazielle Rodrigues de Carvalho Nascimen, Anne Jaquelyne Roque Barrêto, Gisetti Corina Gomes Brandão, Clódis Maria Tavares

Resumo


Este estudo objetivou conhecer a experiência de enfermeiros que atuam na Estratégia Saúde da Família, junto a pacientes com diagnóstico de hanseníase. Delineou-se, porquanto, um estudo exploratório, com abordagem qualitativa utilizando a análise de conteúdo de Bardin, cujos dados foram obtidos por meio de entrevista semi-estruturada com a participação de nove enfermeiros. A análise deste conteúdo permitiu a construção de três categorias que articularam a percepção dos enfermeiros sobre a assistência direta aos usuários portadores de hanseníase; as ações de vigilância epidemiológica e as ações de educação em saúde. Os resultados mostraram que o enfermeiro busca trabalhar todas as ações relativas ao controle da hanseníase, desde a consulta de enfermagem até as ações de vigilância epidemiológica. Concluímos que a pesquisa proposta traz dados importantes acerca do trabalho do enfermeiro na atualidade, servindo de subsídio para novas pesquisas e para melhorar as ações de enfermagem em relação à problemática da hanseníase.

Descritores: Enfermagem em Saúde Comunitária; Cuidados de Enfermagem; Hanseníase.


Palavras-chave


Enfermagem em Saúde Comunitária; Cuidados de Enfermagem; Hanseníase.

Texto completo: PDF


Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Unported.

Logotipo do Ibict