Revolução e inocência: o perfil político do campesinato brasileiro por José de Souza Martins

LEONARDO SOARES DOS SANTOS

Resumo


Resumo: Este artigo analisa algumas noções e teses do trabalho de José de Souza Martins,
especialmente aqueles aspectos concernentes ao papel revolucionário dos camponeses
brasileiros, durante o período de 1945-1964. Neste texto, as considerações sobre um
suposto caráter revolucionário dos camponeses vão ser confrontadas com a prática política
cotidiana de alguns grupos políticos do campo e da cidade. Nossas fontes de informação
são constituídas de jornais, documentos sindicais e declarações de congressos camponeses
e encontros.
Palavras-chave: movimentos sociais; camponês; cultura política; Partido Comunista do
Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/sec.v9i1.228